Indústria 4.0

Indústria 4.0 a Quarta Revolução industrial

A Indústria 4.0 ou a Quarta Revolução Industrial é impulsionada pelas tecnologias inovadoras que causam efeitos profundos, quer nos sistemas de produção quer nos modelos de negócio.

A Indústria 4.0 ou a Quarta Revolução Industrial é o momento no qual nos encontramos. Assistir à diminuição dos custos por um lado, e ao aumento de capacidade das tecnologias como os smartphones, os tablets e os computadores portáteis, por outro, faz com que uma faixa bastante alargada da população viva “online”. A internet faz parte do dia-a-dia na vida das pessoas, sendo o canal de comunicação preferencial e o destino de todas estas e outras tecnologias de onde se conclui que tudo e todos estão interligados.

 

Mas o que é a indústria 4.0?

A indústria 4.0 agrega tecnologias e métodos disruptivos como os que descrevemos a seguir:

  • Big Data
    Os sistemas informáticos que existem hoje em dia, os computadores de elevada capacidade e as redes de comunicação abrangentes e de baixo custo, fazem com que seja possível armazenar com rapidez uma grande quantidade de informação, que depois de tratada e analisada em tempo real, facilitará tomar decisões com base nessa informação de valor com mais precisão e confiança.
  • Advanced Analytics
    Trata-se de um conjunto de métodos e técnicas avançadas para ajudar na elaboração de previsões com base na informação (Big Data) e efetuar simulações e análise de cenários que permitam antecipar riscos, tomar decisões e otimizar processos. Enquanto os modelos tradicionais se baseiam na análise da informação histórica, as ferramentas de Advanced Analytics colocam o seu foco na previsão de eventos e comportamentos futuros.
  • Cloud Computing
    É um sistema informático em que o armazenamento de dados é efetuado em servidores especializados e cujo acesso à informação, serviços e programas é efetuado remotamente via internet. Um computador será no futuro nada mais que um chip com ligação à internet.
  • Internet das coisas (Internet of Things IoT)
    É um conceito que significa interligar os aparelhos do dia-a-dia, máquinas, equipamentos de transporte, eletrodomésticos, e mesmo pequenos objetos de uso diário à internet, interagindo entre si e “lendo” o ambiente à sua volta através de sensores (temperatura, humidade, presença, etc), transformando objetos estáticos em elementos dinâmicos de uma rede integrada, cujas centrais utilizarão essa informação de forma inteligente. Prevê-se que esta forma de ligação digital estimule o surgimento de novos produtos e serviços diferenciados.

O fundamento básico da Industria 4.0 sustenta que através da interligação das máquinas, sistemas de produção e equipamentos, farão com que as empresas tenham a capacidade de criar redes inteligentes ao longo de toda a cadeia de valor, e assim, controlar e comandar os processos de produção de forma independente.

 

Em que consiste a transformação da indústria 4.0?

A indústria 4.0 procura a transformação metodológica e tecnológica do modelo de produção. Como em qualquer processo de transformação, é necessário analisar qual é o ponto de partida, decidir o horizonte a atingir e definir a forma de empreender esforços para construir o caminho.

No presente, o grau de maturidade tecnológica da empresa determina que se projetem uma ou mais fases e, consequentemente, o processo de mudança resultante – progressivo ou mais direto – para realizar a transformação tecnológica do modelo de produção.

Estas diferentes fases tecnológico-organizacionais determinam vários itinerários de transformação como atualização tecnológica, adoção de tecnologia 4.0, e transformação acelerada. É necessário ter presente que estas tecnologias inovadoras possibilitam em muitos casos, que as PME possam passar de modelos tradicionais operativos às tecnologias avançadas.

O passo seguinte na digitalização da economia vai permitir processos mais eficientes, redução nos consumos de energia, minimização de desperdícios, com produtos de elevada customização e adaptados ao cliente. As fábricas serão cada vez mais automatizadas, com sistemas ligados entre si.

A Industria 4.0 está aí e compete às empresas analisar as mudanças nos mercados e adaptar as suas estratégias de forma a aproveitar as novas oportunidades. Os gestores devem começar hoje a preparar as suas empresas para esta transformação digital, com os melhores recursos e a estrutura adequada, de forma a dar resposta aos desafios que se aproximam.

Gostou deste artigo? Gostaria de saber mais? Precisa da nossa ajuda neste tópico? Contacte-nos!

    Related Posts

    Leave a comment